QUIROPRAXIA

QUIROPRAXIA 2017-11-06T14:08:43+00:00

A Quiropraxia visa restaurar as propriedades biomecânicas da coluna por meio de técnicas específicas de avaliação e ajustamento articular (manipulações vertebrais ou articulares), permitindo que o sistema nervoso volte a funcionar adequadamente. Isto faz com que nosso organismo seja capaz de se auto-curar.

O fundador da moderna Quiropraxia foi Daniel David Palmer (1845/1913), canadense que imigrou para os Estados Unidos em 1865. O primeiro ajuste quiropráxico foi registrado em 18 de setembro de 1895. Para dar nome a esta nova ciência que surgia um dos seus pacientes, ministro religioso e professor de grego usou as palavras “cheiros” (mãos) e “praktos” (feito por), juntando para criar o nome na língua inglesa “Chiropractic” (feito pelas mãos) e “Chiropractor” (quem faz com as mãos).

Desde a antiguidade o homem têm utilizado as mãos como medida terapêutica para tratar as mais diversas afeções. Os registros mais antigos, datados em 17.500 AC, são de gravuras rupestres de manipulações rudimentares encontradas em grutas no sul da França. Outros registros também foram encontrados no Egito, Grécia, China e Pérsia.

A Quiropraxia foi introduzida no Brasil em 1922 pelo médico americano Dr. Willian Fipps. Entranto, foi Mateus de Souza o grande divulgador desta ciência em nosso país, responsável pelo programa do primeiro curso técnico brasileiro. Atualmente, no Brasil, o fisioterapeuta é o único profissional a exercer a Quiropraxia legalmente.

Conforme Resolução do Coffito n°220, de 23 de maio de 2001 (publicada no D.O.U N° 108 de 05/06/01 Seção I, página 46), a Quiropraxia é reconhecida no Brasil como especialidade do profissional Fisioterapeuta.

A Quiropraxia tem como foco principal o complexo subluxação e desenvolve procedimentos manipulativos predominantemente mais específicos, com “thrust” (adjustment) de alta velocidade e baixa amplitude, com estabilização específica. No entanto a Quiropraxia também utiliza procedimentos diversos como mobilizações, manipulações globais e “thrust” de alta amplitude e baixa velocidade sem apoio ou estabilização específica. A Quiropraxia também desenvolveu nos EUA procedimentos destinados a terapêutica de tecidos moles, porém com baixa especificidade e diversidade de arsenal terapêutico.

Manipualção

Este termo refere-se a uma grande variedade de intervenções manuais e mecânicas que podem ser de velocidade alta ou baixa; alavanca curta ou longa, alta ou baixa amplitude; com ou sem recuo. Os procedimentos são geralmente dirigidos a articulações específicas ou regiões anatômicas. Um ajuste pode ou não envolver cavitação ou inibição de uma articulação (abertura de uma articulação dentro de sua zona de parafisiologia geralmente produzindo uma característica audível “click” ou “pop”.

Fixação

Uma falta de mobilidade articular leva a um aprisionamento intra-articular conhecido como fixação. Uma fixação pode existir mesmo quando as superfícies articulares estão perfeitamente entrosadas durante uma postura estática. Existem também fixações musculares, ligamentares e ósseas.

Subluxação

Na Quiropraxia, o termo subluxação é designado como redução da mobilidade ou quando uma articulação/vértebra apresenta um desarranjo articular, podendo interferir ou bloquear a transmissão de impulsos nervosos, impossibilitando os processos naturais de reparação e cura. A subluxação não é apenas uma entidade isolada na articulação. Uma subluxação pode acarretar em uma fixação articular em um ponto específico. Na verdade existem vários componentes envolvendo o fenômeno subluxação.

Princípios da Quiropraxia

  • Inteligência inata

  • Sistema nervoso

  • Complexo de subluxação

  • Globalidade

  • Estresse

Indicações

  • Dores de coluna (lombar, torácica e cervical)

  • Problemas de movimentação (coluna travada)

  • Alterações posturais

  • Desvios na coluna

  • Torcicolo

  • Hérnia de disco

  • Dor ciática

  • Artrose (desgastes articulares)

  • Dor muscular

  • Dor nas articulações

  • Tendinites

  • Bursites

  • Fibromialgia

  • Estresse

  • Prevenção de lesões

  • Aumento de performance esportiva